Frutas e Legumes

Cultivo de Radicchio

Cultivo de Radicchio



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

O radicchio


Radicchio é um vegetal que dá o seu melhor em dezembro, em correspondência com as temperaturas mais baixas que acentuam seu sabor característico. O radicchio das folhas verdes é caracterizado pelo alto teor de clorofila e ferro: é um auxílio válido para quem precisa regular e equilibrar as funções intestinais, em virtude da riqueza de fibras que as caracteriza; além disso, não deve ser subestimado o sabor amargo, que se traduz em uma importante contribuição para uma correta atividade digestiva. Já o radicchio de folhas vermelhas, por outro lado, possui um alto teor de antocianinas, que nada mais são do que pigmentos vermelhos que ajudam a proteger as células e o coração do envelhecimento. Radicchio é uma planta particularmente adequada para indivíduos que sofrem de pressão alta, devido à sua ação diurética favorecida pelo potássio, que contribui para a drenagem das células ou para a osteoporose: graças ao conteúdo discreto de cálcio. Este vegetal, por outro lado, também é recomendado para mulheres que pretendem engravidar, pois são uma excelente fonte de ácido fólico, embora não crie problemas para os diabéticos, uma vez que o açúcar presente nele, a inulina, é absolutamente inofensivo. Escolhido em várias dietas de emagrecimento por sua capacidade de saciar sem engordar (cerca de uma onça fornece apenas treze calorias), ainda mais se consumido cru, o radicchio é caracterizado por uma consistência encorpada que enche o estômago com gosto.

Cultivo de Radicchio



Vamos ver, portanto, como proceder para o cultivo desse tipo de vegetal. Antes de tudo, deve-se especificar que o solo mais adequado é um solo fresco, suficientemente drenado e bem estruturado, que deve ser trabalhado com pelo menos vinte centímetros de profundidade (mas não mais de quarenta) para ser triturado e nivelado com ancinho e capina. O radicchi, como mencionado, pode ser cultivado em qualquer época do ano, mesmo nos meses de inverno, pois é capaz de suportar temperaturas muito acima de zero: é necessário prestar atenção apenas às geadas do início do outono, que ocorrem imediatamente após a semeadura. O risco no cultivo, de fato, é que eles induzem a planta a produzir flores, consequentemente tornando vã a produção de folhas. Se você deseja aplicar uma rotação de culturas, o radicchio acontece sem problemas com repolhos, morangos, cebolas, cenouras, aipo, batatas, espinafre e feijão. Em vez disso, deve-se tomar cuidado para não plantá-lo por dois anos consecutivos no mesmo canteiro, bem como depois de vegetais pertencentes à mesma família: por exemplo, alcachofras e, claro, saladas.

Como e onde plantar as sementes



As sementes devem ser enterradas na superfície, a uma profundidade de meio centímetro: em uma horta, no máximo dez plantas por metro quadrado são boas, enquanto em uma estufa, onde o crescimento é reduzido, doze plantas também podem ficar em um metro quadrado. As mudas devem ser afinadas quando tiverem três ou quatro folhas. Imediatamente após o desbaste, é necessário fertilizar o solo (ou após o transplante): essa operação deve ser repetida quarenta e cinco dias depois, tendo o cuidado de distribuir um produto ao nitrogênio (no que diz respeito às doses, chama-se sessenta ou setenta gramas a cada dez metros quadrados). Nos meses de inverno, no norte da Itália, o radicchio da primavera (mas também a chicória) pode ser semeado sob túneis, enquanto no sul da Itália, ao longo da costa e em áreas com climas mais amenos, a semeadura também pode ocorrer ao ar livre. Um dos aspectos fundamentais, que merecem o máximo cuidado, é representado pela irrigação: o solo, de fato, deve permanecer constantemente úmido, até após o transplante ou até que as mudas sejam formadas, mas não encharcadas. Posteriormente, as plantas não devem ser submetidas a estresse hídrico: uma aspersão com pouca água a cada três ou quatro dias será mais que suficiente.

Branqueamento e conservação



No caso em que o cultivo diz respeito ao radicchio, ele estará pronto após alguns meses e, uma vez cortado na base, produzirá uma nova colheita dentro de quarenta e cinco dias. No caso de plantas, como o clássico radicchio vermelho, destinado ao branqueamento, elas devem ser cobertas dois meses após a semeadura com um túnel de sombreamento de plástico preto, ou alternativamente amarradas com tiras de borracha nos tufos. Preste sempre atenção ao risco de apodrecer, mesmo que você decida arrancar as mudas e armazená-las no armazém ou na adega por duas semanas. O branqueamento dura no máximo vinte dias, no final dos quais as folhas externas devem ser removidas, sujas e velhas, cortando a raiz principal a cinco centímetros do colar. É bom saber, em conclusão, que o radicchio pode sofrer ataques, além de apodrecer, mesmo da noite: são larvas que roem as folhas, o caule e o colar. Atenção também aos pulgões e ferretti, que podem ser contrastados com produtos orgânicos normais.