Plantas gordas

Cultivo de cactos

Cultivo de cactos


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Cacto de cultivo


Cultivar cactos é uma prática para os verdadeiros entusiastas. Se você ama essas plantas magníficas, é bom que você siga algumas sugestões úteis que serão inestimáveis ​​quando você as cultivar.
O cultivo de cactos pode ser feito de diferentes maneiras, mas existem algumas regras gerais que você precisa conhecer para cultivar essas plantas especiais da melhor maneira.
Antes de tudo, devemos levar em conta a tipologia dos cactos que pretendemos cultivar: é um cacto de montanhas ou desertos? É um cacto que cresce selvagem em florestas tropicais ou subtropicais?
Dependendo do tipo de origem, teremos que fornecer ao nosso cacto diferentes tratamentos e métodos alternativos de cultivo.

Temperatura e clima



Muitos de nós pensam que a planta suculenta, também chamada suculenta (por causa da gordura, confie em mim, tem muito pouco!), É um tipo de planta a priori forte, saudável, robusta e adequada para todos os tipos de temperaturas, climas, ambientes e ambientes. estímulos. Bem, não é realmente assim. Pelo contrário, são plantas particularmente delicadas que, para crescer e resistir da melhor maneira, precisam de cuidados constantes e cuidadosos, além de uma situação ambiental que não seja muito diferente daquela existente em seus locais de origem.
Cultivá-lo e torná-lo forte e saudável em um apartamento, por exemplo, é extremamente difícil. Nem todo mundo leva em consideração seriamente o fato de a grande maioria das casas modernas estar equipada com sistemas de aquecimento que, durante o inverno, geralmente mantêm a temperatura ambiente acima de vinte graus Celsius, mas secam a fatalidade, muito preciosa para o inverno. os cactos. Além disso, um sistema doméstico de aquecimento noturno é desligado, permitindo que as temperaturas caiam sem, no entanto, garantir a faixa de temperatura correta necessária para a sobrevivência de plantas suculentas. O ar doméstico continua extremamente seco, mesmo à noite, subtraindo ainda mais a umidade que neste caso deve ser aplicada com água. Mas cuidado: hidratar uma planta suculenta em apartamentos, geralmente sem luz natural e uma recirculação adequada do ar, desviaria o ciclo vegetativo da planta em direção a ritmos que a própria planta não reconheceria como naturais, arriscando tornar suas plantas mais vulneráveis ​​e macias tecidos, com consequências às vezes fatais.
O ambiente ideal para o cultivo de cactos certamente permanece aquele ao ar livre, em uma pequena estufa aquecida ou mesmo fria, que apresenta excursões variadas, dependendo do tipo de planta que pretendemos cultivar.
No entanto, é possível cultivar esta bela planta mesmo no apartamento: é necessário prestar muita atenção ao ambiente em que se destina a colocá-la, evitando todas as variáveis ​​negativas relatadas acima.
Se você mora em apartamentos muito luminosos, eles recebem muita luz natural através de grandes janelas, janelas de vidro ou paredes de janelas, se nem mesmo varandas já construídas, você pode aspirar ao cultivo de cactos e ter uma maior probabilidade de sucesso.
Ao colocá-los perto do vidro, conhecido por atrair a umidade da noite, você pode garantir uma exposição suficiente e saudável à hidratação, mesmo nas horas menos prováveis ​​do dia. Além disso, se posicionados próximo aos peitoris das janelas, além da umidade noturna, os cactos também podem se beneficiar da radiação benéfica dos raios solares. Isso manterá os tecidos das plantas suficientemente hidratados, inchados e saudáveis, sem precisar recorrer a regas frequentes.
No entanto, preste muita atenção à proximidade de aquecedores ou fogões. Geralmente colocados sob janelas, para impedir que o frio do apartamento esfrie à noite, fogões ou radiadores são uma fonte perigosa de calor para o seu cacto. Portanto, certifique-se de colocá-los em prateleiras de pedra ou mármore, para que um reparo correto seja criado entre o calor emitido pelos radiadores e a planta do cacto. Você também pode usar bandejas cheias de pilhas de cascalho: isso manterá sua suculenta cactacea fresca, saudável e hidratada, protegendo-a dos efeitos devastadores do calor direto.

Qual solo usar



É de fundamental importância para o crescimento saudável de seus cactos usar um solo poroso que drena bem a água, evitando estagnações perigosas que possam saturá-los, levando à podridão conseqüente das raízes.
Uma dica útil para a composição do solo sugere que ele é rico em sais minerais. Você pode compor você mesmo usando três partes de areia, duas partes do solo usadas no jardim, uma parte da terra das folhas e uma parte do cascalho.
Esta é a composição padrão para o substrato adequado para cactos. No entanto, tipos diferentes podem ser encontrados, dependendo da planta e do ambiente em que é cultivada.
Mas lembre-se disso: é realmente importante que não haja elementos orgânicos em decomposição no solo, pois eles podem danificar suas plantas.

Cultivo de cactos: eu faço, eu rego



A maioria das pessoas acredita que as suculentas não precisam se hidratar. É um pouco como dizer que o camelo não deve beber.
Não há nada mais errado.
De fato, os cactos, como todas as plantas, precisam muito de água e hidratação. É verdade que no inverno eles devem ficar em repouso absoluto e podem aguentar até um mês inteiro sem água, mas também é verdade que durante o período vegetativo, sem a quantidade certa de umidade e rega, eles podem sofrer sérios problemas!
Cabe a nós aprender a conhecer as necessidades de nossa planta, cuidando dela da melhor maneira e, sobretudo, prestando a devida atenção a todos os sinais que essa magnífica espécie é capaz de nos enviar.
Boas suculentas para todos!