Flores

Arranjos de flores para casamentos

Arranjos de flores para casamentos



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Decorações florais para casamentos: regras para comprar e fazer


Comprar ou fazer arranjos florais para casamentos geralmente exige custos bastante altos. Vamos, portanto, descobrir algumas sugestões que nos permitirão salvar deste ponto de vista, sem abrir mão de buquês elegantes e composições espetaculares. Vale a pena especificar que, obviamente, quanto mais raras e exóticas forem as flores escolhidas, mais o custo será destinado a aumentar. Pela mesma razão, para fazer um favor à carteira, será preferível se concentrar apenas em flores da estação: para criar composições de formas e tamanhos diferentes, apenas duas espécies diferentes serão suficientes, possivelmente acompanhadas de hera e folhas verdes. A única exceção à regra será concedida para o buquê da noiva, que ainda é pequeno e, portanto, destinado a não aumentar excessivamente os preços. Aqueles que preferem recriar uma atmosfera mínima, por outro lado, podem optar, muito simplesmente, por uma única flor, que deve ser aprimorada e recusada de acordo com diferentes estilos e métodos, por exemplo, usando tule, hera ou gisophila.

Como combinar soluções de baixo custo com o aspecto estético



Por outro lado, uma solução de baixo custo, mas de alto impacto, é aquela que envolve a colocação nos bancos da igreja de composições compostas por uma única flor, que também pode ser amarrada com fitas de cor pastel nas sessões de banquetes. Igualmente útil, para economizar dinheiro, poderia ser usar as mesmas decorações para a igreja e o restaurante (ou, de qualquer forma, o local escolhido para lanches ou almoços): será suficiente delegar a uma ou mais pessoas (amigos ou parentes ou florista) - mas neste caso você terá que pagar por isso) a tarefa de mover as flores da igreja, do final da cerimônia, para o restaurante, onde elas deverão ser entregues aos garçons que providenciarão seu posicionamento antes que os convidados possam entrar na sala de recepção. Obviamente, ao adotar esse expediente, será bom projetar as composições de forma que sejam adequadas tanto ao contexto da igreja quanto ao contexto do restaurante: enfim, sóbrio ao ponto certo, não muito colorido para não ficar fora do lugar durante a função religiosa, mas nem plano demais, do ponto de vista cromático, para não tornar o ambiente entediante. Por exemplo, as composições em cascata, mesmo de pequenas dimensões, que são colocadas nos bancos da igreja, podem ser reutilizadas como peças centrais simples, mas agradáveis, para serem colocadas em banquetes, removendo facilmente a parte pendurada. Mas os truques para economizar nos arranjos de flores do casamento não param por aí.

Compartilhe as decorações com outros casais



Nada impede, por exemplo, de decidir compartilhar flores e composições com outros casamentos e outras noivas. Se é verdade, de fato, que muitas vezes as decorações são jogadas fora no final do dia, representando - e também um desperdício - também uma despesa econômica substancial, pode-se optar por dividir a despesa com outros casais. O importante, é claro, será capaz de combinar os gostos dos casais, mas, por outro lado, se houver uma forte necessidade de economizar dinheiro, será preferível não ter necessidades muito difíceis de satisfazer. Além disso, nesse caso, pode ser útil focar em flores que não são frescas, mas artificiais ou falsas, ou, se realmente queremos composições naturais, em flores secas, que podem ser recicladas mesmo nos dias subsequentes sem o risco de ver as Decorações murcham. Desse modo, além disso, também será possível escolher composições um pouco mais ricas e, portanto, espetaculares, uma vez que o preço será reduzido pela metade (ou dois terços ou três quartos, dependendo de quantos casais compartilharão as decorações). O único elemento que obviamente não pode ser compartilhado será o buquê que será lançado pela noiva. Na criação das decorações, pode-se deixar livre domínio da imaginação e criatividade. Como? Simplesmente brincando com as decorações. Não se diz, de fato, que o restaurante e a igreja devam necessariamente ser enfeitados apenas com flores. Portanto, você pode optar por usar outros materiais, fitas coloridas, velas, laços, papel machê para determinadas flores, tule, frutas falsas ou ver, hera, espigas de trigo. Dependendo do orçamento econômico, em essência, pode-se ceder, uma vez que o leque de opções disponíveis é decididamente vasto. Em conclusão, vale ressaltar quais são as flores que custam menos e, portanto, são recomendadas para quem pretende gastar pouco. As orquídeas, deste ponto de vista, devem ser deixadas de lado, pois exigem um gasto considerável: é muito melhor se concentrar em rosas, gérberas, girassóis e margaridas. O custo de tulipas e lírios depende da estação do ano.

Arranjos de flores para casamentos: a importância do estilo


Em conclusão, é importante destacar a importância de criar composições capazes de recriar um equilíbrio visual agradável e adaptar-se ao contexto ao redor, tanto em termos de cores quanto de estilo: dentro da igreja, de fato, flores muito vistosas estariam fora de lugar.