Além disso

Orquídea em vaso transparente: qual o motivo da escolha?

Orquídea em vaso transparente: qual o motivo da escolha?



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Ao transplantar uma orquídea, a escolha do vaso certo é fundamental. O sistema radicular de uma planta possui uma estrutura muito peculiar.

Portanto, seu cultivo com sucesso só é possível em condições adequadas. Eles precisam de muito ar, alta umidade e luz solar.

A capacidade inadequada pode inibir o desenvolvimento da raiz, dificultar a respiração ou causar apodrecimento.

Por que você precisa de um recipiente que permita a passagem dos raios do sol?

Um vaso para uma planta de interior feito de um material transparente e que permite a entrada dos raios do sol é chamado de vaso transparente. Esse recurso permite monitorar o desenvolvimento do sistema radicular das flores sem obstáculos, fazendo ajustes oportunos aos cuidados. Esses recipientes são feitos de:

  • polietileno;
  • plásticos;
  • copo.

Vantagens e desvantagens

Vantagens:

  • controle fácil e rápido da secagem do substrato;
  • inspeção do estado das raízes sem retirar a flor do vaso;
  • quando transplantado para um recipiente maior, o anterior pode ser cortado com tesoura para não ferir as raízes caso tenha brotado na drenagem;
  • identificação oportuna da necessidade de substituição do substrato ou da presença de pragas.

Desvantagens:

  • um peso leve;
  • instabilidade;
  • um pequeno número de orifícios de drenagem.

É possível plantar em plantadeira translúcida e é obrigatório?

As orquídeas são plantas epífitas, portanto, para um bom desenvolvimento, precisam de suporte e acesso a uma grande quantidade de luz e ar. O cultivo em vaso transparente para este tipo de flor é necessário e considerado o único aceitável.

De toda a variedade de orquídeas, apenas algumas delas podem ser cultivadas em um recipiente opaco. No entanto, mesmo para o seu correto desenvolvimento, é necessário monitorar atentamente para realizar a rega oportuna e não enfraquecer o sistema imunológico.

Preferências de vários tipos

  • Uma orquídea como Wanda adora crescer em vasos transparentes sem solo. É suficiente para ela que ele permita que ela ganhe um ponto de apoio e construa com calma a massa da raiz. Graças ao velame, não sente a necessidade de sujar e a única exigência é umedecimento e alimentação oportunos.
  • Phalaenopsis prefere grandes pedaços de casca de pinheiro como solo. Para eles, a presença de grande quantidade de nutrientes também não é importante. O principal é que o regime de irrigação seja respeitado e haja um influxo de ar fresco e luz solar difusa para as raízes aéreas.

O que e como escolher?

Existe um grande número de potes transparentes no mercado. Eles diferem:

  • por composição;
  • Tamanho;
  • o número de furos de drenagem;
  • método de fixação;
  • flores.

Existem recipientes em forma de grandes cestos de malha para o cultivo sem solo.

Cada orquídea requer um tipo diferente de recipiente em cada fase de sua vida. Eles são selecionados de acordo com:

  • no tamanho e tipo de planta;
  • método de cultivo;
  • o grau de umidade da habitação;
  • zona climática;
  • solo usado.

O vaso escolhido deve permitir que a orquídea forme uma massa radicular saudável e volumosa:

  1. Os orifícios de drenagem devem estar ao redor de todo o perímetro do fundo e mesmo parcialmente ao longo da parte inferior das paredes.
  2. Cada recipiente subsequente é levado 4 cm a mais que o anterior.
  3. É preferível expandir a forma para cima.

Na natureza, as orquídeas crescem em árvores, agarrando-se à casca. Nas condições dos apartamentos, é bastante simples recriá-lo, mas é necessária uma gestão constante da humidade. Para facilitar a manutenção, são plantados em recipientes transparentes com bom sistema de drenagem.

Vidro ou plástico

A principal vantagem de uma panela de vidro é seu alto peso e estabilidade. É difícil virar mesmo com uma planta grande. Através de suas paredes, você também pode rastrear facilmente o desenvolvimento do sistema radicular. Esses recipientes são escolhidos por aqueles que criam Wanda sem solo. Neles, esse tipo de orquídea parece especialmente frágil e delicado.

As desvantagens óbvias incluem:

  • alto custo;
  • fragilidade;
  • paredes frias, que não gostam muito de raízes de orquídeas;
  • drenagem deficiente.

Os recipientes de plástico são escolhidos se quiserem economizar custos, porque seu preço é muito inferior ao de vidro. Eles preservam perfeitamente o microclima dentro do sistema radicular e não sofrem hipotermia devido à diminuição da temperatura durante a noite. A capacidade do vaso transparente de deixar entrar os raios do sol protege as raízes da orquídea do superaquecimento.

Os potes de plástico estão disponíveis no seguinte formato:

  • cestos suspensos;
  • vasos na parede;
  • vasos de flores com drenagem.

A desvantagem é a instabilidade de espécimes pequenos e muito leves.

Translúcido ou não?

Ao comprar uma flor, você pode notar que há uma breve instrução de como cuidar da planta do vaso. Indica que tipo de solo é adequado para ele e com que freqüência precisa ser regado. Se disser que uma orquídea precisa de um solo denso, você pode comprar um vaso opaco. Em outros casos, é dada preferência ao transparente.

Somente aqueles produtores que têm muitos anos de experiência no cultivo e os estudaram profundamente podem escolher vasos opacos para suas orquídeas. Eles não precisam monitorar constantemente a condição do colo da raiz, ver se o solo está seco o suficiente, etc.

Por que dar preferência a um vaso de flores translúcido?

  1. Quando cultivado em vaso de plástico, é fácil notar o aparecimento de algas verdes em caso de encharcamento excessivo.
  2. Um vaso transparente afeta a fotossíntese correta da planta e permite que ela se desenvolva ativamente.
  3. Em caso de apodrecimento da raiz, esse recipiente permite reagir mais rapidamente e realizar a poda higiênica das partes doentes.

A cor marrom do velame não indica doença. Este tipo é freqüentemente encontrado nas raízes que cresceram dentro do substrato e é considerado a norma se forem elásticas e a camada porosa não esfoliar da raiz dura. Você pode identificar o apodrecimento por uma superfície úmida e uma aparência pouco saudável. As raízes secas são comprimidas, têm uma tonalidade marrom e são visivelmente diferentes das saudáveis.

As consequências da aterrissagem

Tendo escolhido um novo recipiente para o seu animal de estimação, você deve entender as consequências da decisão tomada.

Transparente

É importante escolher o tamanho certo para que as paredes transparentes não façam com que o substrato seque rapidamente em pequenos recipientes. É importante marcar a orquídea para que não haja o risco constante de cair devido à instabilidade do vaso.

Opaco

Após a rega, deve-se esperar até que o líquido esteja completamente drenado do substrato. É importante monitorar constantemente a secura da casca para não regar com muita frequência e estragar a planta.

Instruções de plantio passo a passo

Cada tipo de recipiente requer conformidade com certos recursos durante o transplante. Isso contribuirá para uma adaptação mais rápida da planta e o início da floração.

Copo

  1. Ao plantar neste tipo de vaso, é necessário levar em consideração que nele não há furo de drenagem, portanto é necessário garantir o máximo escoamento da umidade para a parte inferior. Para fazer isso, coloque uma camada de fragmentos de pelo menos 5 cm na parte inferior.
  2. Em seguida, as raízes são examinadas quanto à presença de doenças e, se necessário, processadas.
  3. Grandes pedaços de casca são colocados na camada de drenagem, depois as raízes são espalhadas e o espaço restante é preenchido com casca.

Plástico

A maneira mais fácil. O tratamento do sistema radicular é feito com cuidado e requer a remoção de todas as partes deterioradas.

  1. Uma pequena quantidade de casca da fração do meio da moagem é colocada na parte inferior.
  2. Em seguida, a planta é colocada e o recipiente é preenchido com os pedaços até o topo.

Luz impermeável

A maneira mais difícil, porque não é visível como a casca está distribuída uniformemente entre as raízes. Depois de inspecionar e remover os fragmentos danificados, você pode iniciar o plantio.

  1. Uma pequena casca de terra é colocada no fundo e depois a planta.
  2. É importante espalhar as raízes por igual, mas não deixe que toquem nas paredes.
  3. Uma grande quantidade de casca é despejada no espaço entre a orquídea e as raízes.

Importante! Os vasos de cerâmica geralmente fazem com que a raiz cresça até a parede e a planta sofra lesões após o transplante. Para evitar isso, você deve plantar suas orquídeas em recipientes de plástico.

Nós podemos dizer que ao escolher o vaso certo, o florista se priva de muitas dores de cabeça. O cuidado fica muito mais fácil, e a planta, recebendo as condições necessárias, agrada-se com floração constante e exuberante.


Assista o vídeo: Não MATE mais ORQUÍDEAS: ponha estas 3 dicas em prática HOJE (Agosto 2022).