Além disso

Papel das raízes na vida de uma orquídea. Estrutura, tipo, cuidado

Papel das raízes na vida de uma orquídea. Estrutura, tipo, cuidado



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

O sistema radicular é de grande importância para todas as plantas, pois é uma fonte de nutrição.

Quando esse órgão é danificado, todo o corpo sofre. O mesmo acontece com as orquídeas, embora suas raízes tenham algumas peculiaridades.

No processo de cultivo de uma flor, você precisa levar este fator em consideração e começar a construir imediatamente se um problema semelhante ocorrer.

Papel na vida vegetal

Na natureza, as orquídeas não crescem no solo, mas se agarram a plantas, pedras e muitos outros objetos naturais com suas raízes. A umidade para as orquídeas vem do ar e os nutrientes da poeira e da casca das árvores, folhas caídas, bem como de dejetos de insetos e animais.

Importante! Na natureza, o sistema radicular não apenas fornece às orquídeas nutrientes e umidade, mas também atua como suporte.

O sistema radicular de uma orquídea consiste em um grande número de raízes adventícias, cujas funções são as seguintes:

  • absorção de umidade e nutrientes do meio ambiente com seu posterior transporte para flores e folhas;
  • fixação da planta em um ou outro suporte, o que é especialmente importante quando em condições tropicais, caracterizadas por fortes chuvas e ventos.

As raízes aéreas das orquídeas epífitas são recobertas por um denso tecido higroscópico que absorve perfeitamente a umidade da atmosfera e do solo. Em casa, assim como na natureza, o sistema radicular é uma fonte de nutrição para a planta.

Foto: como eles se parecem?

A seguir, você pode ver a foto das raízes:





Estrutura

O sistema radicular da orquídea é um órgão multifuncional branco. Isso se deve à presença do velame, um tecido de células mortas cheio de ar. Essa estrutura permite que você extraia a umidade e, assim, sobreviva em condições áridas. O sistema raiz tem duas partes:

  1. O principal... Está em um pote de terra. É recomendável cultivar orquídeas em recipientes transparentes para controlar o estado das raízes, que devem estar sãs e isentas de apodrecimento.
  2. Oração subordinada... Essas raízes são chamadas de aéreas, porque têm a capacidade de se formar em qualquer parte da planta: caules e rizomas de brotos.

Importante! A parte principal das raízes adventícias localizadas no vaso indica que as plantas estão bem enraizadas e em pleno desenvolvimento.

Uma seção transversal de uma parte da raiz de uma orquídea é a seguinte:

  • ponta apical;
  • um fio condutor para o transporte de nutrientes;
  • velame, que cria proteção contra superaquecimento, além de absorver umidade;
  • parênquila, tecido conjuntivo localizado entre os órgãos.

Subterrâneo versus aéreo - qual é a diferença?

Os brotos aéreos não possuem um sistema radicular central. Essas raízes se estendem ao longo do caule principal, em alguns casos, acima das placas foliares inferiores. O sistema radicular de uma orquídea que cresce em condições artificiais tem raízes na superfície e subterrâneas. Além disso, no primeiro caso, os processos são muito mais poderosos e espessos do que no segundo.

Jardineiros novatos costumam confundir raízes aéreas com pedúnculos devido à mesma lacuna na base das folhas durante a formação.

A raiz aérea tem os seguintes recursos:

  • localização no colo da raiz entre as folhas;
  • forma romba e arredondada do primórdio da raiz;
  • direção de fuga para baixo.

Tipo de sistema raiz

Existem três tipos principais de sistemas de raízes de orquídeas: lianas, epífitas e litófitas. Todos eles diferem uns dos outros na forma como obtêm umidade e nutrientes:

  • epífitas - do ar;
  • litófitas - do solo;
  • cipós - do chão, retorcendo-se nos troncos das árvores.

As características de cuidar do sistema radicular de uma orquídea dependem diretamente de seu tipo.

O que uma planta saudável deve ter?

As raízes saudáveis ​​das plantas absorvem a umidade não apenas do solo úmido, mas também do ar. Somente quando está em boas condições é que o sistema radicular é capaz de fornecer umidade desde as pontas até as folhas e o caule.

Ao toque

As raízes das orquídeas são firmes e firmes ao toque. Além disso, não devem quebrar e apertar, o que indica a presença de espaços vazios no interior. É um erro acreditar que as raízes saudáveis ​​têm uma sombra clara, enquanto as doentes têm uma sombra escura. Freqüentemente, ao palpar, você pode encontrar uma cavidade em espécimes esbranquiçados..

Na aparencia

As raízes saudáveis ​​da orquídea devem ter:

  • ponta crescente;
  • velame, caracterizado por uma cor verde clara.

Além disso, raízes saudáveis ​​não devem ter cheiro pútrido - um sinal de que está doente e precisa de reanimação do sistema radicular.

Importante! Basta comprar uma planta sã, pois mesmo com o transplante correto, ela perde parte da massa da raiz e, portanto, parte das folhas.

Como distinguir raízes saudáveis ​​de orquídeas doentes é mostrado neste vídeo:

Instruções passo a passo: como cuidar em casa?

A condição do sistema radicular é um indicador chave da saúde e do suprimento nutricional e de umidade. Para manter as raízes em uma forma normal, você deve seguir estritamente as regras de cuidado:

  1. Inadmissibilidade de rega excessiva, levando ao apodrecimento. Umedecer o substrato deve alternar com a secagem. As orquídeas são geralmente vendidas em recipientes transparentes para indicar quando é necessário regar. As raízes que precisam de umidade assumem uma tonalidade cinza claro.
  2. Antes da fertilização, o vaso de flores é colocado em um recipiente volumétrico cheio de água bem depositada em temperatura ambiente. Isso evita a possibilidade de queimaduras na raiz por contato com produtos químicos.
  3. Não é recomendável cultivar orquídeas em vasos de barro, pois o sistema radicular será constantemente super-resfriado, o que retardará a fotossíntese e a morte da planta.

Se os vasos de cerâmica forem necessários, coloque uma orquídea neles junto com um recipiente de plástico.

A cor esmeralda das raízes indica que a planta não precisa ser regada no momento.

Quando as raízes aéreas aparecem, você não pode tentar removê-las para o solo ou cortá-las, pois isso pode prejudicar irreparavelmente a orquídea.

Doenças e seu tratamento

Freqüentemente, o sistema radicular de uma orquídea é afetado por um fungo. Além disso, a planta pode sofrer dos seguintes tipos de podridão:

  1. cinza... A presença de um problema pode ser determinada pelas áreas escuras com uma flor cinza formada em vários locais da planta. No início, as folhas adoecem com podridão cinzenta e, em seguida, a doença se espalha para o solo e para as raízes. A razão para isso é o clima interno inadequado: temperatura muito baixa combinada com alta umidade.

    O aparecimento de podridão cinzenta também pode ser causado por um excesso de fertilizantes contendo nitrogênio. Deve-se lembrar que a podridão cinzenta é um fungo, portanto, caso seja encontrada, é necessário remover imediatamente as áreas afetadas por meio de corte. Depois de concluir este procedimento, polvilhe raízes saudáveis ​​com fungicidas. O reaparecimento da podridão requer o uso de uma droga diferente.

    Para fins profiláticos, na rega, recomenda-se o uso de agentes que aumentem a resistência dos espécimes a tais doenças. Além disso, não coloque as orquídeas muito próximas umas das outras.

  2. Raiz... Esta podridão forma-se diretamente nas raízes das plantas, após o que elas amolecem e morrem após algum tempo. A presença da doença é indicada por folhas de orquídea marrom.

    A podridão das raízes é causada pela alta umidade no ambiente e por uma temperatura muito alta. Se for encontrado um problema, você deve usar imediatamente topsin (0,2%) ou base (0,2%). Com a ajuda dessas preparações, você precisa pulverizar o sistema radicular da orquídea. As regras para seu uso estão descritas nas instruções do fabricante.

    Como medida preventiva, recomenda-se o uso de substrato de alta qualidade.

Esses problemas estão entre os mais comuns e devem ser corrigidos na maioria dos casos. O principal é detectá-los em tempo hábil e começar a tratar a flor imediatamente.

As orquídeas são plantas extraordinárias que podem decorar qualquer ambiente... Para seu crescimento total, as amostras precisam ser fornecidas com os cuidados adequados e medidas preventivas regulares. Isso é especialmente verdadeiro para o sistema radicular, que é um órgão vital. Sujeita a todas as regras, a flor ficará encantada com sua beleza por muitos anos.


Assista o vídeo: Deshijando un Guariante skinneri. (Agosto 2022).