Além disso

Como as orquídeas podem ser hidratadas? Métodos de irrigação e principais erros de irrigação

Como as orquídeas podem ser hidratadas? Métodos de irrigação e principais erros de irrigação



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

A orquídea é uma planta popular de interior, com variedades incomuns encontradas em viveiros e centros de jardinagem.

As plantas na sala requerem rega especial que imita o ambiente natural. Neste artigo, aprenderemos como não destruir uma orquídea e garantir um acesso de qualidade à água, além de como salvar uma planta alagada.

Métodos básicos de hidratação

A orquídea é exigente em sua irrigação, o líquido para irrigação está totalmente saturado de oxigênio, vertendo-o de um prato para outro. Uma flor pode ser irrigada de seis maneiras:

  1. Banho quente: promove o aumento da massa verde e melhora a qualidade da floração (falamos sobre regar orquídeas durante a floração aqui). O enxágue das folhas protege a flor de pragas e doenças.
  2. Careca: As raízes da planta ficam expostas a uma grande quantidade de líquido. As folhas são afastadas e a água derramada na superfície do solo até que se forme um pequeno acúmulo de líquido no pires.
  3. Através do fundo de um vaso de flores (palete): o líquido para uma planta com sistema radicular é fornecido pela parte inferior. A panela é colocada em uma bacia com água por 20-30 minutos, após o qual o excesso é removido.
  4. Imersão: Todo o recipiente é colocado em uma pia com líquido por uma hora para que a planta absorva a parte necessária.
  5. Pulverização de raiz: a rega é feita com um borrifador, que é borrifado nas raízes da flor.
  6. Irrigação de orquídeas com gelo: reduz a probabilidade de excesso ou falta de umidade no solo.

    Conforme os cubos de gelo derretem, eles hidratam gradualmente o solo, o que ajuda a orquídea a se saturar uniformemente com o líquido necessário. Procure evitar o contato direto do gelo com as raízes, copa e folhas da orquídea.

Você pode encontrar os segredos da hidratação de uma orquídea em casa aqui, e você pode aprender como regar sua orquídea em casa e ao ar livre aqui.

Como escolher o caminho certo?

Um erro que os jardineiros iniciantes costumam cometer é regar orquídeas em excesso. A flor precisa de uma pequena quantidade de líquido para a floração completa.e o excesso de oferta causa o apodrecimento das raízes e outras doenças. Fatores que determinam como uma flor deve ser regada:

  1. Substrato de planta: depende da quantidade de líquido que ele está disposto a reter. A casca do pinheiro retém líquido por muito tempo, os grânulos de carvão ou argila têm menos efeito.
  2. Tipo de planta: Explore as nuances da flor que você está plantando. Cada uma das subespécies de orquídeas requer cuidados especiais.
  3. Temperatura: quanto mais alta a temperatura, maior a necessidade de fluido.
  4. Umidade: relacionado ao substrato que você está usando. Quanto maior a umidade do ambiente, menor a necessidade de irrigação. Para aumentar a umidade, é utilizada uma bandeja separada com água e pedrinhas, na qual é colocado um vaso com uma flor (umedecer uma orquídea em um vaso em casa é descrito em detalhes aqui).
  5. Fluxo de ar: a flor adora ar puro. Ao aumentar o fluxo de ar, aumente a rega da planta, pois o ar pode secar as folhas e raízes da orquídea.

Monitore a qualidade do líquido enquanto rega, a água da torneira contém uma grande quantidade de sais que podem prejudicar gravemente a planta. Purifique a água antes da irrigação.

AtençãoAs orquídeas não gostam quando as raízes ficam muito tempo na água. É melhor encher abaixo do que transbordar.

Como regar?

O excesso de umidade no solo e o aumento da umidade do ambiente são destrutivos para uma flor. Jardineiros experientes recorrem à irrigação à medida que o solo seca, cerca de duas vezes por semana. É importante saber não apenas a quantidade de irrigação de uma planta em um sistema radicular aberto e fechado, mas também como regar adequadamente uma flor:

  • Instruções passo a passo para regar por imersão:
    1. A maioria das flores está em um recipiente transparente com substrato, que é colocado em uma tigela ou balde de água separado. Usando água purificada ou recém fervida (resfriada), o vaso de orquídea é preenchido com um líquido para que suas raízes fiquem imersas em umidade. Não inunde todo o pote com líquido, preencha as raízes e deixe a planta absorver a umidade.
    2. Após 10-15 minutos, a flor é removida do líquido e deixada escorrer por 5 minutos.
  • Instruções passo a passo para regar em um sistema fechado: A água é despejada ao nível do pescoço da orquídea e deixada por 20-30 minutos, após o qual o excesso de líquido é drenado. Uma quantidade suficiente de líquido ficará no recipiente, que será absorvido pela orquídea.
  • Instruções passo a passo para regar na casca: água morna filtrada é derramada cuidadosamente na superfície do solo até que o líquido apareça no pires abaixo. Depois de regar, o líquido do pires não precisa ser derramado, depois de um tempo a planta absorverá sozinha o restante da água.

Ações corretas durante a irrigação salvarão a flor da morte. Tenha cuidado para não regar em excesso ou secar o solo.

Vídeo sobre como regar uma orquídea usando o método de imersão corretamente:

Como você pode não regar a planta?

Uma orquídea é uma planta enjoada, um pequeno erro pode destruí-la completamente. Quais erros devem ser evitados para que a flor não morra:

  • não despeje água nas folhas, a presença prolongada do líquido na lâmina foliar torna-a desbotada e letárgica;
  • não se deve regar a orquídea à noite, por isso a umidade fica estagnada nas pontas de crescimento, por isso surgem doenças bacterianas e fúngicas;
  • não use água fria e dura, isso leva à formação de folhas amarelas e à morte rápida do sistema radicular;
  • não use a mesma água para todas as flores na irrigação por imersão, pois doenças são transmitidas.

Se você faz tudo certo, mas a planta continua morrendo, preste atenção na qualidade da água. Algumas plantas não toleram água da torneira clorada, enquanto outras não toleram água mole. Use água filtrada ou da chuva limpa.

Sobre com que água regar as flores, o que mais pode ser usado para irrigar a planta, é descrito em uma publicação separada.

Eliminando erros de umidificação errada

Os jardineiros enfrentam várias consequências da rega inadequada... Alguns deles são fáceis de combater, enquanto outros destroem lentamente a planta. Principais consequências:

  1. Uma planta com centro em decomposição indica que a maior parte da água entrou, isso ocorre quando se usa o método de rega no chuveiro. Neste caso, a orquídea não pode ser salva.
  2. O fungo em estágio inicial pode ser tratado com um fungicida e redução da irrigação.
  3. As folhas em estado de murcha ou doença indicam umidade intensa ou ressecamento do solo. Quando alagadas, as raízes apodrecem, são cortadas do tecido vivo e o local do corte é tratado com carvão. Quando seco, aumente a rega da flor com água morna por imersão.
  4. Manchas aquosas nas folhas ocorrem quando a orquídea é abundantemente irrigada por imersão. Certifique-se de que as raízes da flor e o substrato têm tempo para secar completamente entre as regas. Nos demais casos, verifique se o processo de irrigação está sendo realizado corretamente.
  5. A má qualidade da água é indicada por pontas de raiz curtas e um revestimento branco no substrato. Purifique bem a água, use filtração ou fervura.

O sistema radicular de uma orquídea é significativamente diferente de outras plantas.... Isso sugere que qualquer pequeno erro pode causar sérios danos. Para preservar a orquídea, observe não só a água que é despejada no vaso, mas também o ambiente em que ela se encontra.


Assista o vídeo: 2 FORMAS DE MATAR SUAS ORQUÍDEAS Erros de cultivo (Agosto 2022).