Além disso

Como cuidar se a orquídea soltou um pedúnculo, e se ele não está lá?

Como cuidar se a orquídea soltou um pedúnculo, e se ele não está lá?


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

A parte principal da orquídea é o pedúnculo da planta, dele dependem a beleza e a floração do botão. As flores desabrocham 2 meses após o desenvolvimento do ramo da flor.

O artigo descreve em detalhes o que fazer quando a planta tem um pedúnculo, em que lugar, temperatura, iluminação e rega, a cobertura vai melhor contribuir para a saúde da flor e também fornece informações sobre fatores negativos que podem interromper a formação de cor, e como eliminá-los.

A cultura lançou uma flecha de flor: o que isso significa?

O aparecimento de um pedúnculo em uma orquídea coincide com o estágio do estágio ativo de desenvolvimento da planta. O seu início é um acontecimento real, pois a floração dura mais de uma semana. Acontece que é preciso esperar muito para que o caule da flor se desenvolva. Com o início do outono, uma orquídea encerra o período de dormência e, após dois meses, as flores desabrochando aparecerão nas orquídeas.

Nesse momento, é aconselhável tomar cuidado redobrado com a flor, fazer a irrigação com sabedoria, incluir composições minerais no cuidado da planta e proporcionar iluminação satisfatória.

Cuidado antes e durante o lançamento: qual a diferença?

Até que um caule de flor apareça na planta, o cultivo de orquídeas é realizado de acordo com princípios padrão como:

  • Uma iluminação difusa é criada para a flor removendo-a do parapeito da janela ao sul em meados de abril.
  • A rega é realizada de forma que o solo seque por vários dias entre as irrigações. Este evento permitirá que o sistema radicular participe do processo de fotossíntese.
  • A planta recebe um influxo de ar fresco, mas ao mesmo tempo, protegendo-a das correntes de ar. O ar frio é muito perigoso para uma orquídea nos dias de inverno, porque as partes danificadas não podem ser curadas. Só há uma saída - cortar o tecido congelado da flor.
  • A sala deve manter um regime de alta umidade, bem como saturar a planta com a adição de fertilizantes minerais ao solo.

Durante o desenvolvimento do caule, o cuidado com as epífitas muda. Portanto, é muito importante saber como cuidar de uma orquídea quando ela soltou um pedúnculo.

  • Neste momento, a irrigação é reduzida, mas também não pode secar.... Recomenda-se aumentar o intervalo entre as irrigações para secagem até 5 dias em vez de 2 com o regime de cultivo usual. Em seguida, a orquídea é regada não uma vez por semana, mas duas vezes por mês.

    Enquanto seu pedúnculo cresce, a quantidade de curativos é reduzida. Eles são completamente abandonados quando os botões da planta começam a amadurecer. Se este conselho for negligenciado, o florescimento será curto.

  • Com o aparecimento do caule, no outono ou inverno, o vaso com a orquídea é movido para a janela sul... Se isso não for possível, a iluminação adicional é organizada. Caso contrário, a fuga diminuirá em seu desenvolvimento.

    Para o desenvolvimento normal do caule, o regime interno deve ser mantido de +23 a +26 graus. Uma marca de termômetro mais baixa diminuirá a taxa de crescimento e levará ao murchamento do caule.

Em orquídeas comuns, o pedúnculo cresce por 2 meses. Varietais de variedades híbridas crescem os caules das flores por mais tempo, cerca de 3 meses. Após 3 meses, um jovem rebento se desenvolve em um caule totalmente desenvolvido.

Dependendo das condições de cultivo da orquídea, o intervalo pode ser menor ou maior. Fornecendo a quantidade necessária de luz, umidade suficiente, calor e nutrientes, o crescimento das plantas é duplamente ativo. Os caules laterais voltam a crescer ainda mais rápido e estão totalmente formados após 1,5 meses.

A planta germinou: o que fazer a seguir?

Seleção de assento

Agora, quando a planta expira o pedúnculo, os vasos com a orquídea devem ser transferidos para o peitoril leste ou oeste, pois ali há luz e não há influência de sol agressivo. Se houver apenas uma janela no apartamento, e ela também for para o lado sul da casa, só com o sombreamento é possível salvar a planta de queimaduras e outros problemas.

Temperatura

Em um ambiente de apartamento, o trabalho de cuidar das orquídeas é simples em termos de manutenção do regime de temperatura. A casa está sempre quente o suficiente, porém, há dois momentos perigosos:

  1. Ar condicionado, que seca drasticamente o ar e depois que o dispositivo está funcionando, é necessário pulverizar adicionalmente a planta.
  2. Rascunho... As orquídeas não toleram hipotermia. Isso significa que as panelas devem ser retiradas do peitoril da janela durante a ventilação do ambiente.

Caso a orquídea seja caprichosa e deixe de nos deliciar com sua bela floração, vamos criar um pouco de estresse para ela. Para fazer isso, diminuiremos o regime de temperatura diurna para + 12 ° С e diminuiremos o nível noturno em mais alguns graus.

Este é um método para ativar a postura de botões em uma planta. Descoberta sua aparência, não é necessário alterar drasticamente o regime estabelecido. Deve-se acostumar ao regime habitual de ambiente gradualmente para que os botões fiquem mais fortes e logo passem para a fase de florescimento.

Umidade do ar

É necessário manter um nível de umidade ambiente tropical de cerca de 65%... Em condições de habitação em apartamento, este número é muito inferior, especialmente durante a estação de aquecimento.

Para manter um microclima favorável à orquídea, borrifar com frequência ajuda, dia sim, dia não. Neste caso, a água deve estar bem sedimentada e corresponder à temperatura ambiente.

Iluminação competente

No verão, é melhor não expor uma flor no parapeito de uma janela ensolarada. Caso contrário, as queimaduras não podem ser evitadas. Melhor que a luz seja difusa. No crepúsculo de inverno e outono, é necessária iluminação especial. Caso contrário, a folhagem da flor começará a amarelar, os botões não se abrirão.

Para compensar a falta de luz solar, basta que uma flor acenda uma lâmpada de 40 W, instalada de forma que uma quantidade suficiente de luz incida sobre a folha e as inflorescências.

Rega

Quando a sala tem um nível de umidade baixo, a planta vai liberar a maior parte da umidade pelas folhas. O solo deve ser umedecido com mais frequência. Táticas de irrigação - secar-regar, o que é necessário. A condição do solo deve ser avaliada constantemente. Se você cobrir o solo com musgo, a umidade vai durar mais tempo.... Você pode organizar um banho quente sistemático para a flor ou mergulhar o plantador em um recipiente com água por 40 minutos a cada 10 dias.

Top curativo

As medidas de cuidado com as flores incluem a adição de formulações minerais contendo potássio e fósforo. O procedimento é realizado uma vez por mês, de acordo com as instruções.

Enquanto dura o crescimento do pedúnculo e durante o período de floração, as orquídeas param de fertilizar. Afinal, qualquer cobertura de cobertura afeta a redução do tempo de sua floração.

Quando uma planta não pode atirar uma flecha e o que deve ser feito?

Às vezes você parece fazer tudo com competência, mas a flor não cresce persistentemente. Você deve estar atento para a correção do atendimento e corrigir urgentemente seus erros.

Raízes podres

Com rega excessiva ou irrigação com água fria, ocorre a podridão das raízes.

  • Você pode facilmente corrigir esta situação se uma pequena área da planta for afetada. Basta retirá-lo com uma faca afiada e processar as fatias.
  • Quando o sistema radicular apodrece extensivamente, procedimentos de ressuscitação devem ser realizados. Em primeiro lugar, retire todas as raízes pretas e aquosas, após o processamento dos cortes, deixe a orquídea acumular a massa radicular.

Amarelecimento das folhas

A folha pode ficar amarela por vários motivos:

  • Rega inadequada.
  • Local extremamente ensolarado.
  • Super-saturação com curativo superior.
  • Falta de sistema radicular por vários motivos.
  • Adaptação da planta ao meio ambiente.
  • Murcha natural da flor.

Falta de floração

  • A planta pode não florescer devido à falta de composição mineral para seu crescimento.
  • Devido à falta de luz solar difusa.

Insetos nocivos

Além dos sinais gerais de infecção, a orquídea costuma ser danificada por insetos nocivos:

  • Ácaros de aranha... Na parte visível das raízes aparecem o caule, a folhagem, raros pontos cinzentos. A folha da folha está emaranhada com uma teia de aranha.
  • Mosca branca... Uma flor pegajosa é visível no bloco de folhas. No solo da panela, bolinhas - "casulos" são encontradas.
  • Parasitas sugadores que vivem em grandes colônias (cochonilhas, pulgões, cochonilhas)... As flores e a folhagem enrolam-se e ficam amarelas, aparece um muco pegajoso.
  • Thrips... A folha fica amarela no fundo, há uma massa de poucas manchas escuras - vestígios de excrementos.
  • Woodlice... Eles violam o ponto de crescimento. Pequenos buracos aparecem em botões e folhas.
  • Podura... Uma praga que danifica um sistema radicular jovem começa apenas em solo excessivamente úmido e ácido. Danifica raízes jovens.
  • Um inseto raro e prejudicial para orquídeas de interior - grilo, depois que os buracos permanecem na flor e nos botões, ele come as raízes.

Ao tentar salvar uma orquídea doente, você deve seguir algumas dicas:

  1. Remova as plantas saudáveis ​​da área infectada.
  2. Não toque na área sã da planta afetada, para não espalhar a doença por toda a área da planta.
  3. Tendo eliminado as partes doentes com uma faca afiada, você precisa aplicar um fungicida para cercar o tecido saudável restante.
    • Para isso, pode-se usar canela, ela pode ser moída, aplicada na área onde foram cortadas as áreas infectadas.
    • A solução alcoólica é uma boa ferramenta para lidar com insetos nocivos que se escondem nas conchas e fendas da folhagem.
    • O próximo método para lidar com o fungo preto é borrifar uma solução de sabão em pó.
  4. Substituir o substrato no vaso de orquídea eliminará o mofo.

Para que a planta se aclimate e cresça bem, deve ser organizado um cuidado competente adequado. Depois, após o crescimento da folhagem, chegará o tão esperado período de floração, para deleite do cultivador!

Vídeo sobre como cuidar de uma orquídea depois de soltar um pedúnculo:


Assista o vídeo: Não MATE mais ORQUÍDEAS: ponha estas 3 dicas em prática HOJE (Agosto 2022).