Além disso

Animais de estimação e endro. Posso alimentar com verduras porquinhos-da-índia, cães, gatos e outros animais de estimação?

 Animais de estimação e endro. Posso alimentar com verduras porquinhos-da-índia, cães, gatos e outros animais de estimação?



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

O endro é uma erva popular que cresce em quase todas as hortas. O endro contém vitaminas B1, B2, C, PP, P, caroteno, ácido fólico, bem como sais de ferro, cálcio, potássio e fósforo. O endro pode ser benéfico e prejudicial.

Esta planta é usada tanto para cozinhar como para fins medicinais. Este artigo irá discutir em detalhes se é possível e necessário alimentar animais de estimação com endro, como porquinhos-da-índia, patos, galinhas, gatos, cães, coelhos, ratos, caracóis e galinhas.

Para gatos

Para o pleno desenvolvimento, os gatos devem ter uma alimentação balanceada. Para fazer isso, a alimentação deve incluir várias verduras, incluindo endro. Esta erva picante traz benefícios inestimáveis ​​para o corpo do animal:

  • normaliza a função intestinal;
  • melhora a lactação em gatos lactantes;
  • corrige o funcionamento do aparelho geniturinário;
  • remove a areia dos rins e da bexiga;
  • aumenta a imunidade.

O endro não deve ser dado a gatas grávidas, pois as substâncias nele contidas fazem com que o útero se contraia, o que pode provocar um aborto espontâneo.

Além disso, deve ser excluído da dieta se o animal tiver uma violação do sistema endócrino. É melhor dar endro aos gatos, misturando-o com o alimento principal na proporção de 1: 5.

Chinchilas

É altamente desencorajado alimentar as chinchilas com endro., uma vez que esses animais não devem comer especiarias. Mesmo uma pequena quantidade desta erva na ração pode causar envenenamento grave do animal e ser fatal.

Patinhos

Para que os pintos de pato ganhem peso rapidamente, recomenda-se alimentá-los não só com ração granulada seca, mas também preparada de forma independente. É permitido alimentar os patinhos com verduras, inclusive endro, desde os primeiros dias de vida. O endro promove o rápido crescimento dos patinhos, protege-os de doenças e fortalece o esqueleto.

Verduras finamente esmigalhadas são misturadas com ovo cozido e cascas trituradas na proporção de 1: 4 e dadas aos patinhos uma vez por semana. Não é recomendado alimentar os pintinhos com esta erva com mais frequência, pois pode causar distúrbios intestinais e desidratação.

Para caracóis Achatina

Achatina são quase onívoros, e endro está na lista de alimentos permitidos para eles. Qualquer vegetação, incluindo esta erva, é uma fonte de nutrientes para a Achatina.

Você precisa dar aos caracóis 1 vez por semana, alternando com outros alimentos. Espalhe as verduras para alimentação das amêijoas em um prato raso e retire o excesso após a alimentação.

Galinhas

O endro é uma fonte de vitaminas e minerais para as galinhas, por isso deve ser incluído na dieta alimentar. Eles começam a dar aos filhotes com 3-4 dias de vida.

Para não causar fezes irritadas e outras consequências indesejáveis, esta erva deve ser adicionada ao menu com muito cuidado. Se os filhotes desenvolverem diarréia, a alimentação dessa grama deve ser interrompida.

Pode ser adicionado a alimentos secos e a um purê. A proporção deve ser 1: 5. Recomenda-se alimentar as galinhas com essa mistura no máximo 1 vez por semana.

Kuram

Verduras na dieta de galinhas devem ser obrigatórias, uma vez que é a principal fonte de nutrientes. O endro normaliza o intestino das galinhas e fortalece o sistema imunológico. É fornecido fresco no verão e seco no inverno.

Uma vez que esta erva tem um efeito diurético e laxante, você precisa alimentá-la com ela no máximo 1 vez por semana. Você pode adicionar endro picado na ração principal ou dar inteiro, pendurando-o sobre o cocho em pequenos cachos.

Coelhos

Os coelhos são animais onívoros e, portanto, é permitido alimentá-los com quase qualquer vegetação, incluindo endro. A planta tem um efeito muito positivo no corpo do animal:

  • normaliza o trabalho do sistema cardiovascular;
  • melhora o funcionamento do sistema geniturinário;
  • aumenta o fluxo de leite durante o período de alimentação da prole;
  • promove o nascimento de coelhos saudáveis.

O endro pode começar a alimentar os coelhos quando eles atingem os seis meses de idade. A norma é de 1 a 2 ramos por dia. É melhor que coelhos decorativos sejam oferecidos para comer grama seca ou seca. A norma para eles é a mesma que para indivíduos comuns. Os benefícios do endro são inestimáveis ​​e, se você não alimentar os coelhos com verduras em excesso, não haverá nenhum dano a eles.

Cães

Os cães muitas vezes não comem endro devido ao seu cheiro específico, no entanto, é necessário adicioná-lo à dieta do animal.

Dill normaliza o sistema geniturinário do animal e o protege de doenças renais. Não dê endro a um animal de estimação que tenha doenças do sistema endócrino. O cão deve ser alimentado com grama picada 1 vez por dia, no máximo 1 colher de chá.

Porquinho da índia

As cobaias são animais que são alimentados com quase qualquer grama. O endro também é obrigatório na dieta da cobaia, pois:

  • reduz a formação de gás;
  • melhora a lactação;
  • normaliza a digestão;
  • protege contra infecções intestinais.

Para não causar diarreia no animal, o endro deve ser incluído na dieta com muito cuidado e não usar mais do que um ramo por 1 alimentação. Escolha ervas frescas para se alimentar, pois as cobaias raramente comem endro seco ou seco.

Em nossas publicações individuais, você também pode descobrir se endro pode ser dado a papagaios e hamsters.

Ratos

Dill é muito útil para ratos. de modo que ajuda a assimilação de alimentos protéicos, por isso deve estar em sua dieta. É melhor oferecê-lo fresco ao seu animal de estimação, 1-2 ramos todos os dias. Não é recomendado exceder essa taxa, pois a superalimentação pode causar distúrbios intestinais.

Quase todo animal de estimação precisa de uma dieta balanceada, na qual as verduras devem estar presentes. Ao adicionar endro ao cardápio, você deve se lembrar das normas e monitorar cuidadosamente o estado do animal. Em caso de alterações negativas, é recomendável excluir esta erva da dieta.


Assista o vídeo: Alimentação dos Porquinhos da Índia (Agosto 2022).