Além disso

Condições de reprodução da orquídea phalaenopsis doméstica e uma foto da planta. O que você precisa saber sobre uma flor?

 Condições de reprodução da orquídea phalaenopsis doméstica e uma foto da planta. O que você precisa saber sobre uma flor?



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

A Phalaenopsis é uma das variedades de orquídeas populares entre os floricultores pela beleza de suas flores: formato incomum e cores variadas.

Ao mesmo tempo, as plantas são consideradas uma das mais caprichosas de se cuidar. O procedimento para sua reprodução em casa também não é fácil, exigindo estrito cumprimento dos meandros da tecnologia. O artigo fala sobre todos os métodos de reprodução desta planta incrível.

Características da criação em casa

Referência. Na natureza, a reprodução dessas plantas ocorre com o auxílio de rebentos e sementes que surgiram após a floração. Sua vida plena é facilitada por condições favoráveis ​​com um clima quente e úmido.

Para reproduzir espécimes dentro de casa, os floristas vêm com várias tecnologias.

A diferença entre esta espécie e outras

Phalaenopsis difere de outras orquídeas em sua estrutura. Ela carece de brotos laterais, a planta tem apenas um ponto de crescimento e se estende apenas para cima. A maioria das variedades é caracterizada por vários desses pontos. Phalaenopsis não tem pseudobulbos, o que não lhe dá a oportunidade de se reproduzir com a ajuda deles.

Comparação: como uma flor de rua e uma flor de interior se reproduzem?

Phalaenopsis crescendo na rua se reproduz de apenas duas maneiras:

  1. Com pólen. O pólen nas cestas de sementes é dispersado pelo vento em diferentes áreas e ali se instala. Além do vento, os grãos de pólen são transportados por todos os tipos de insetos que migram para a flor por causa de seu aroma especial. Uma vez no solo, as sementes não germinam sem os fungos do solo, que fornecem os carboidratos necessários à sua atividade vital.
  2. Por meio de camadas e brotos. Essas partes são formadas na planta após a floração.

Ambos os métodos funcionam bem para orquídeas que crescem na rua; a propagação natural não se aplica às flores domésticas, pois dá pouca chance de se obter um exemplar completo.

Métodos, sua descrição e fotos

Existem várias maneiras de criar Phalaenopsis, cada uma com suas próprias características.

  1. Estacas. Neste caso, utiliza-se a flecha da flor, cortando-a em segmentos separados, de forma que um botão dormente fique presente em cada um deles. Após o enraizamento, uma nova orquídea é obtida.
  2. Ao dividir o arbusto. O princípio desta tecnologia é dividir a planta-mãe em 2 partes. Ao mesmo tempo, sua parte superior é cortada para enraizá-la separadamente e a parte inferior é deixada para crescer. No processo de crescimento, os botões dormentes ganham vida nas axilas das folhas e nas raízes.
  3. Crianças. Ao acordar, os botões se desenvolvem e formam jovens orquídeas. Eles são imediatamente separados da planta-mãe e plantados em recipientes.
  4. Sementes. Este método não é considerado eficaz e requer condições estéreis. A planta resultante será diferente do espécime parental na forma e na cor das flores.

Propagação por estacas:

Ao dividir o arbusto:

Crianças:

Sementes:

Eu preciso estimular a planta?

Em alguns casos, os bebês das orquídeas são formados sem interferência externa. Depois, basta aguardar o aparecimento de dois pares de folhas novas. Depois que o comprimento das raízes aéreas formadas atingir 5 cm, corte-as com cuidado. Se tal processo não for observado, a orquídea precisará de estímulo, para isso você precisa:

  1. Com muito cuidado, para não danificar os botões dormentes, retire as escamas deles.
  2. Aplique um pouco de pasta de citocinina nos rins.

Importante! A pomada hormonal geralmente é comprada na loja e você também pode prepará-la em casa.

A composição contém os seguintes componentes:

  • 10 mg de cinetina;
  • 1 ml de água;
  • 1 g de lanolina.

Todos os elementos são misturados até que uma mistura branca homogênea seja obtida.

Freqüentemente, no processo de reprodução, apenas um processo lateral é formado. Para evitar tal situação, a flor é colocada em estufa com temperatura de pelo menos +28 ° C. A orquídea permanece nessas condições por 5 dias, após os quais é tratada com pasta de citocinina.

Como determinar se uma cultura está pronta para a divisão?

Uma mudança na cor do sistema radicular (de prata para verde) indicará que a orquídea está pronta para procriar.

Treinamento

Para a reprodução de Phalaenopsis, é permitido usar apenas espécimes adultos, tenham atingido os 3 anos de idade. Nesta idade, as orquídeas têm um sistema radicular desenvolvido e folhas totalmente formadas. Levará 2 semanas para prepará-los para a reprodução.

O procedimento é realizado na seguinte sequência:

  1. A planta é fornecida com boa iluminação, mas de forma que a luz solar não direta, mas dispersa, incida sobre ela.
  2. A rega é completamente interrompida e a diferença de temperatura é arranjada na divisão: durante o dia - + 28 ° С, à noite - + 16 ° С.

Instruções passo a passo: como propagar uma planta em casa?

Independentemente do método de criação, todos os instrumentos utilizados devem ser mantidos limpos e esterilizados.

Atenção! Na planta-mãe, todas as secções devem ser tratadas com um anti-séptico, caso contrário existe o risco de doenças da planta.

Estacas

Este método é considerado o mais simples, não requer esforço ou tempo. O processo de crescimento consiste em várias etapas:

  1. Um rebento lateral com um comprimento de 10-15 cm é separado da planta-mãe.
  2. O material de plantio é colocado sobre uma superfície de solo pré-umedecida e coberto com filme plástico, de forma que parece uma estufa.
  3. Ventile periodicamente a estufa e pulverize o substrato.

Para que os brotos apareçam dos botões, é necessário iluminá-los bem todos os dias durante 14 horas e manter uma temperatura de +27 ° C. Você pode escolher esfagno ou areia como solo.

As estacas picadas devem ter pelo menos 2 botões.

Se todas as regras forem seguidas, em 2-3 semanas será possível observar os primeiros brotos que aparecem.

Sementes

Esta opção de criação é usada apenas em raras ocasiões devido à sua complexidade. De acordo com a tecnologia do material de plantio, será necessário um meio nutriente artificial. Ele ficará nele de 3 a 9 meses. Durante a germinação, é necessário garantir condições estéreis, pois será impossível se livrar do fungo que apareceu.

Em uma sala com recipientes com sementes instalados, a temperatura do ar não deve ser inferior a + 20-23 ° C, e também deve haver luz difusa. A duração necessária das horas de luz do dia, neste caso, é de 12 horas.

Para mais detalhes sobre a propagação da orquídea phalaenopsis por sementes, leia nosso material.

Ao dividir

Apesar de o método de reprodução por divisão não ser particularmente difícil, ele é aplicável apenas a um espécime adulto. A parte de corte deve atender a dois requisitos:

  • conteúdo de pelo menos 6 folhas na saída;
  • desenvolvimento completo de 2-3 raízes aéreas.

A tecnologia inclui as seguintes ações:

  1. Com uma faca afiada, o topo da planta é cortado com 3-4 folhas e raízes aéreas.
  2. Os locais dos cortes são tratados com carvão ativado.
  3. O segmento separado é plantado no substrato preparado.

Referência. É permitido plantar raízes aéreas em recipiente separado, desde que o comprimento seja superior a 5 cm.

Pedúnculo

Esta maneira simples é feita da seguinte maneira:

  1. no final da floração de Phalaenopsis, o pedúnculo é removido na própria base;
  2. o rebento da flor separado é dividido em várias partes, cada uma das quais com 3-4 cm de comprimento;
  3. os locais dos cortes são tratados com carvão ativado triturado;
  4. as estacas são colocadas em esfagno úmido e uma pequena estufa é construída;
  5. fornecer um clima úmido na estufa e uma temperatura de + 25-28 ° С;
  6. a sala de cultivo é ventilada periodicamente.

Cada segmento deve ter um botão dormente localizado no meio.

Raízes

A tecnologia de propagação de raízes de orquídeas é bastante simples e produtiva, para ela você vai precisar de:

  1. Retire do vaso a planta que ganhou força e, com cuidado, retire-a do solo.
  2. Com uma faca esterilizada, divida o rizoma de forma que 2-3 pseudobulbos permaneçam em cada uma das partes.
  3. Trate os pontos de corte com carvão ativado.
  4. Plante cada segmento em um vaso separado com solo preparado.
  5. Pulverize pelo menos 2 vezes ao dia até que raízes inteiras e folhas verdes apareçam.

Importante! Recomenda-se a propagação de Phalaenopsis pelas raízes na primavera, uma vez que tal evento exigirá um período prolongado de luz do dia e um aumento da temperatura. Além disso, nesse período, a orquídea está cheia de vitalidade e suco.

Cada um dos métodos de criação implica na utilização de um espécime sadio, pois quaisquer desvios reduzem significativamente as chances de sucesso.

Então você pode assistir a um vídeo útil sobre o tema do artigo:


Assista o vídeo: DEVO CORTAR HASTE FLORAL DA ORQUÍDEA PHALAENOPSIS DEPOIS DA FLORAÇÂO (Agosto 2022).